CPF limpo: como limpar meu nome no SPC e Serasa?

Todo mundo sabe o quanto pode ser ruim ter o nome sujo, e o tamanho da dor de cabeça que isso pode causar. Infelizmente, essa é uma estatística que vem crescendo bastante em nosso país, e é algo que pode complicar muito a nossa vida, dificultando a contratação para algumas vagas de emprego e a participação e alguns concursos públicos. Por isso, é muito importante, tentar sempre manter o nosso nome limpo.

Vamos ensinar por meio de um passo a passo simples, como limpar seu nome no SPC e Serasa.

Como tirar seu nome do SPC e Serasa?

Realize a consulta de CPF por uma das três principais bases disponíveis, que são: o Serasa, o SCPC e o SPC.  O Serviço Central de Proteção ao Crédito, SCPC, é o único dessas bases que oferece um serviço de consulta de CPF online de forma gratuita, facilitando assim a sua consulta, em quanto às duas outras bases só oferecem de forma gratuita, a consulta presencial em um de suas agencias.

Após fazer a consulta, caso seu nome esteja sujo, a próxima ação a ser tomada é a analise da sua situação financeira. Sente-se com calma, em um momento que você possa dar a devida atenção ao que esta fazendo, e calcule os seus ganhos e o quanto dele já esta comprometido com outras contas que devem ser pagas, como contas de água e luz, e parcelas de outras compras. A partir daí, você pode ter uma noção melhor de quanto por mês você é capaz de pagar em uma parcela mensal, caso o melhor seja o parcelamento da divida. Ou, pode verificar se existe a possibilidade de quitar o valor em atraso de uma vez só, podendo assim, inclusive, conseguir desconto.  Isso auxilia na hora que você for procurar fazer um acordo, pois assim, você já chega com uma proposta e já sabe o quanto pode se comprometer sem se endividar novamente.

O próximo passo é entrar em contato com a empresa credora para realizar um acordo. Procure efetuar o pagamento em dia das parcelas do seu acordo ou o pagamento total o quanto antes. Caso você tenha escolhido o pagamento a vista, pois normalmente ele é feito com desconto, a empresa possui até cinco dias úteis para retirar seu nome dos registros de inadimplência, segundo o Código do Consumidor. Mas, se você escolheu parcelar a divida, seu nome deve ser retirado do SPC ou Serasa no máximo cinco dias úteis após você efetuar o pagamento da primeira parcela.

Durante o ano são realizados alguns Feirões que são feitos para auxiliar quem esta com o nome sujo, dando dicas e ajudando para que a pessoa consiga, sempre, o melhor acordo possível.  O Serasa oferece o serviço do Feirão Limpa Nome, onde a pessoa faz a sua inscrição online, pelo site do Serasa, e pelo site mesmo já tem acesso aos detalhes da divida e como proceder.

O processo de limpar o nome não é fácil, e às vezes pode não ser barato. Mas não se deixe enganar, e não caia nos truques que vemos na internet que ensinam a tirar o nome do SPC e Serasa sem pagar nada, inclusive a divida. Tenha a atenção e cuidado para não se prejudicar ainda mais.

Como enviar pedidos de Revendedora Avon?

A Avon é a empresa líder na venda de cosméticos, a companhia foi criada em 1886, nos Estados Unidos, seu forte é a venda por consultoras. Esse tipo de metodologia atrai milhares de pessoas, especialmente mulheres que procuram uma renda extra, ajudando a mudar a vida de muitas famílias. Também é uma ótima opção para quem não trabalha ou não gosta de cumprir horários.

Como se tornar uma revendedora Avon?

Você que deseja aproveitar todas as vantagens, e tornar-se uma consultora Avon, deve preencher um cadastro, clicando aqui (http://www.br.avon.com/PRSuite/revender_avon.page). Nele deve ser informado o seu nome completo, o CEP, endereço, telefone para contato, e sua profissão, pois revendedoras também podem ter outro emprego. Veja também como ser revendedora mary kay.

Após realizar o cadastro, uma Gerente de Setor ou Executiva de Vendas entrará em contato com você, para marcar uma reunião de apresentação da empresa e conclusão do cadastro.

Quais os benefícios de ser consultora Avon?

Você não precisa trabalhar exclusivamente para a Avon, a inscrição na empresa é gratuita, seus lucros podem variar de 30% a 43%, não é exigida experiência na área de vendas, e é um negócio fácil e divertido, o sistema da avon pedido fácil também é muito intuitivo.

Quanto pode ganhar uma revendedora Avon?

A Avon não apresenta limites de faturamento, quanto mais uma pessoa vender, maior será o seu recebimento. Uma vendedora muito dedicada pode receber até R$ 3.000 durante um mês. A empresa não oferece nenhum vínculo empregatício aos revendedores, nem salário fixo, todos os pagamentos são baseados em comissão.

A marca possui uma boa aceitação no mercado de maquiagens, semi-jóias, utilidades para casa e vestuário, além de preços acessíveis, o que facilita venda. A empresa oferece mais de 3 mil produtos, divididos em 2 catálogos, um destinado aos produtos cosméticos e o outro aos produtos de moda e casa.

Quem pode se tornar consultora da Avon?

Para se tornar revendedora Avon, é necessário preencher alguns simples requisitos. Ser maior de 18 anos, possuir um telefone fixo, ter o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e o RG (Registro Geral) em situações legais, ser alfabetizado, apresentar um comprovante de residência recente (conta de água, luz, telefone ou outros), e não ter restrições no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e Serasa.

Dicas para conquistar clientes

A consultora deve ser simpática, ágil e dinâmica durante a comercialização dos produtos. Sempre deve estar aprendendo novas técnicas de venda, e quando for oferecer os produtos a alguém, deve estar bem arrumada, utilizando os cosméticos da marca, pois a sua imagem deve estar relacionada à marca. Isso ajudará você cativar um grande número de clientes, proporcionando uma boa renda todo mês.

Sistema Boas Vindas Avon

A empresa disponibiliza um quite de cosméticos grátis, durante as seis primeiras campanhas realizadas por novas consultoras, para ganhar basta realizar um pedido no valor de R$ 150,00, esses produtos podem ser vendidos, e todo o lucro vai para a consultora. Na realização dessas encomendas, a vendedora também ganha uma bolsa para o trabalho e uma calculadora especial Avon. Durante essas primeiras vendas, o lucro para a consultora é maior.

Queda de Cabelo: Causas e Tratamentos

É sabido que uma perda de 50 a 70 fios de cabelo por dia é normal para o ser humano. Ela ocorre geralmente quando se penteia ou lava o cabelo, ou até mesmo enquanto se dorme devido ao movimento de fricção com o travesseiro.

Para os dermatologistas, dá-se um problema caso a queda aumente para mais de 200 fios. Essa quantidade deixa o cabelo mais fino, frágil, curto além de perder a sua cor original. E aí tem-se o início da famosa calvície.

E, ao contrário do que se pensa, as mulheres também sofrem com a perda dos fios. No entanto, as causas da queda de cabelo masculino e feminina são diferentes. É válido também ter sempre uma boa atenção à queda de cabelo entre as mulheres porque ao contrário dos homens, normalmente não acontece a calvície completa com perda total dos fios. Vamos entender um pouco sobre a queda de cabelo no geral além de semelhanças e diferenças para ambos os sexos abaixo.

Causas comuns da queda de cabelo

Diversos fatores podem ser causadores da queda de cabelo. Por isso, existem diferentes maneiras de lidar com o problema sendo que algumas vezes a queda de cabelo não é motivo de preocupação, visto que nascerão outros fios.

  • Hereditariedade e estresse

Os fatores mais comuns dentre todos os que serão apresentados a seguir são a hereditariedade e o estresse. Suscetível a ambos os sexos, a queda acontece porque os hormônios sexuais, em algumas pessoas, são os responsáveis pela miniaturização dos fios.

  • Doenças

Como dito no início, algumas causas não são motivos de enorme preocupação. Doenças, por exemplo, quando tratadas dão lugar ao aparecimento de novos fios. Algumas das mais comuns que causam a queda de cabelo são problemas na tireóide, anemia, alopecia, infecções no couro cabeludo – como micoses – além de outras doenças de pele como lúpus.

  • Medicamentos

Outro grande agente, os medicamentos também podem influenciar na queda de cabelo. O tratamento mais conhecido que causa a queda é a quimioterapia, no entanto remédios para depressão ou artrite são outros influenciadores. Neste caso é muito importante a ingestão de vitaminas para queda de cabelo, que vão ajudar no balanceamento.

  • Dieta pobre em proteínas

Muitos shampoos ou cremes capilares contém proteínas em grande quantidade. Isso porque esse é um nutriente muito importante para os nossos fios. Com o pouco consumo de carnes, eles tem a queda antecipada. O cabelo pula a fase de crescimento indo direto para a de repouso, tornando-se mais frágil e propenso à queda.

Causas da queda de cabelo masculina

A hereditariedade é um fator comumente encontrado nos homens que sofrem de calvície. Isso porque ela geralmente acontece na puberdade e vai apenas piorando ao longo do tempo. Outro influenciador, embora possa afetar ambos os sexos, é o tabaco. A fumaça se impregna no cabelo e acaba deteriorando os fios. Outra coisa também é o uso errado do Shampoo Bomba.

Causas da queda de cabelo feminina

Para as mulheres, o grande vilão é a mudança hormonal. Gravidez, menstruação, menopausa etc são períodos que as mulheres vivem em grande parte da vida e que alteram o ciclo hormonal. Consequentemente o crescimento dos fios também é afetado. Alisamentos e tipos de penteado muito apertados também podem deteriorar o cabelo. O uso excessivo de Ombre Hair também pode causar problemas.

Queda de cabelo e calvície é a mesma coisa?

A primeira coisa que precisa ser entendida é que queda de cabelo e calvície são coisas completamente diferentes. Primeiramente, perder cabelo é algo completamente normal e todos os dias perdemos fios de cabelo, que logo são repostos por novos. Queda de cabelo e calvície se caracterizam pelo excesso dessas perdas.

A queda de cabelos pode ser algo oportuno e passageiro. Após algumas meses os cabelos perdidos podem ser naturalmente repostos. Queda de cabelo pode ser reflexo de uma doença como tireoide, uma deficiência imunológica como a de ferro, infecções ou até mesmo da amamentação. O diagnóstico exato  só pode ser dado por um profissional qualificado, notadamente um dermatologista.

Já a calvície trata-se tradicionalmente de um problema hereditário que costuma aparecer após os 20 anos. Os homens costumam ser as maiores vítimas da calvície.

Como já citado, a calvície geralmente é passada geneticamente de pai para filho e costuma ser deflagrada após a puberdade, período em que começa a chamada “miniaturização dos fios capilares”, quando os fios passam a progressivamente crescerem cada vez mais claros, curtos e mais lentamente.

Como evitar a Queda de Cabelo?

Quando se está diante de uma queda de cabelo, e não de uma calvície propriamente dita, a recuperação se dá de forma espontânea ou através de tratamento. Após alguns meses os cabelos voltam a crescer naturalmente. É o que acontece por exemplo, quando os  cabelos de uma pessoa em tratamento contra o câncer caem durante a quimioterapia e posteriormente voltam a crescer.

Já quando o caso é  calvície, infelizmente não há nada que possa ser feito para interromper o processo, uma vez que é algo de ordem genético. Entretanto algumas atitudes podem contribuir para o retardamento da calvície (como o uso do suplemento Follixin) ou até mesmo em alguns casos, para uma leve recuperação.

As principais dicas para quem quer evitar a calvície são:  Não fumar, evitar exposição a stress e alimentar-se bem. Principalmente ingerindo alimentos ricos em proteínas e em selênio(material importante para a formação dos cabelos, mas deve-se moderar, pois seu excesso é prejudicial).  As proteínas estão presentes nos alimentos de origem animal já o selênio está presente na farinha de trigo e na castanha.

Tratamentos para queda de cabelo

O tratamento irá depender fundamentalmente de uma consulta ao dermatologista. No consultório, após ser levantado o histórico clínico do paciente, podem ser receitados medicamentos, óleos, shampoos ou até mesmo tratamentos como a carboxiterapia capilar.

No caso da calvície, todos os medicamentos, produtos e tratamento receitados podem ter apenas     função retardatória ou paliativa.

Em caso de estágio avançado de calvície, o paciente pode ter o desejo de tornar a ter seus cabelos de volta e para esses casos já existem alguns procedimentos disponíveis no mercado.

Os 3 procedimentos mais comuns são os de implante, transplante e o tratamento a laser, que destaca-se por utilizar aparelhos a laser para estimular o crescimento de cabelo nos locais onde a calvície atingiu e não crescem mais.

Seja queda de cabelo ou calvície, o indicado é sempre procurar um dermatologista . Além de clínicas dermatológicas tradicionais, já existem clínicas especializadas no tratamento de calvície. Vale a pena se informar em sua região.

Embora num primeiro momento pareça um drama , com toda a tecnologia que se tem hoje perder os cabelos não é mais algo desesperador e irreversível. Seja naturalmente, através de tratamento ou procedimento cirúrgico, você pode ter os seus cabelos de volta graças as recentes descobertas.